sábado, 31 de março de 2012

13. Pesadelo


( Niall )
Fui para casa, fazer os trabalhos de casa. Quando acabei, fui à cozinha comer qualquer coisa e reparei que já era tarde. Fui-me deitar, mas antes, liguei à Ivânia, porém, ela não atendeu, por isso mandei-lhe uma mensagem.
" Dorme bem,:) Xx"
Após lhe mandar a mensagem, fui-me proteger no meus inúmeros cobertores.

( Harry )
Depois de ter levado a Diana a casa, ela perguntou-me se queria ficar lá a dormir, tendo em conta que quando demos pelas horas, já eram onze da noite.

( Eu ): Se não incomodar.
( Diana ): Não incomodas, e já é tarde, é melhor ficares aqui. Vou-te buscar um fato de treino.
( Eu ): Eu durmo de boxers, não te incomodes.
( Diana): Está bem, vou buscar um cobertor para ti.

( Diana )
Após ter ido buscar o cobertor, fui ao quarto de hóspedes, onde o Harry ia ficar esta noite, quando me deparo com a sua linda figura só de boxers.

( Eu ): Aqui tens. - disse um pouco envergonhada.
( Harry ): Obrigado.
( Eu ): De nada! Bem, fica à vontade.- disse já eu saíndo do quarto.
( Harry ): Espera.-  ele agarrou-me no braço sem me magoar.- Boa noite.- disse ele, dando-me um beijo na testa.
( Eu ): Boa noite.
( Soraya )
Antes de me ir dormir, liguei o despertador. Quando já estava preparada para me ir deitar, recebo uma mensagem do Louis.
" Dorme bem, carrot :) Xx" , ao que respondi " Tu também :)"
Embrulhei-me nos meus cobertores, e preparei-me assim para o meu sono.

( Lara )
Lá estava ele, violento mais uma vez, sem motivo nenhum." Vais levar tantas", dizia ele, atirando-me para a cama. Começou-me a bater, sempre com mais força. Não percebia o motivo de me bater, sem namorarmos. Mesmo que namorássemos não tinha direito, mas ele é mais forte. Durante algum tempo esteve-me a bater. Eu estava farta de ser agredida sem motivo que explicasse este acontecimento. " Para!"- gritei eu, dando-lhe um valente pontapé naquele sítio, saíndo o mais depressa possível de sua casa.
( ... )
Acordei.
( Eu ): Foi só um pesadelo.- disse sarapantada.

Na verdade, aquele pesadelo atormentava-me quase todas as noites, esconder o que se passou comigo dos meus pais era difícil. Tinha de dizer que as nódoas negras que eram causadas por ele, eram por causa de cair em Ginástica, coisa que ele não acreditaram muito, mas não lhes podia contar a verdade. Nunca mais o vi. Aquele sujeito por quem me apaixonara, que me traíu e que aos poucos e poucos se tinha tornado cada vez mais violente. Gonçalo era o nome dele. Era o nome da pessoa que mais odeio neste mundo. A pessoa que faz de mim a pessoa rude e estúpida que sou hoje.

3 comentários:

  1. Lindo!
    Finalmente descobrimos porque é que a Lara é assim com as pessoas (principalmente com rapazes), coitada :(
    Posta rápido,
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Wow..... K cena!

    Post rápido... adorei.

    ResponderExcluir
  3. OneDForever : mais há mais :o
    Nokas : Obrigada:)

    ResponderExcluir