segunda-feira, 23 de julho de 2012

Save you tonight #9


Fui ter com a minha mãe que mal me viu, abraçou-me. Ao lado dela estava a minha avô com lágrimas a escorrem-lhe pela cara. Olhei para o quarto e vi uns senhores a levar a maca onde estava o corpo do meu avô para um sítio qualquer.

( Enfermeiro ):  Vai para a morgue ... lamento imenso. - disse, levanto a maca para a morgue juntamente com um colega de trabalho.

( Avó ): Assim não está a sofrer .. - disse, após um silêncio assutador. - Sabíamos que isto mais tarde ou mais cedo ia acontecer.

( Mãe ): Vamos ter de ser fortes. - abraçou-nos às duas. - Tens de te distrair disto que aconteceu. Como correu o espetáculo, querida? - ela tentava parecer forte, mas conseguia ver bem a dor que transmitia o seu olhar.

( Trish ): Bem .. correu bem. - tentei sorrir. - Eu tencionava voltar hoje para Londres, mas com isto  tudo, não sei que faça.

( Avó ): Minha querida, vais voltar para Londres ainda hoje para te animares. Tens lá os teus amigos e esse rapazinho. - olhou para o Zayn e sorriu. - Mereces o melhor e não quero que te prendas muito a isto. Acontece a todos, quero que te abstraias, sim? - assenti com a cabeça. - Muito bem. - deu-me um beijo na testa. - Vá, faz lá o que tens de fazer para voltar para Londres. Já sabes que telefonas quando quiseres, meu amor.

( Mãe ): Sim, querida. Telefonas quando quiseres. - assenti com a cabeça. - Diverte-te lá, sim ? Zayn .. - fez com que ele se aproximasse - cuida da minha menina, sim?

( Zayn ): Do que depender de mim, vou fazer de tudo para ela se abstrair. E lamento imenso. - a minha mãe abraçou-o.

( Avó ): Ide lá, meus amores. - deu-me um último beijo. Despediu-se do Zayn com um pequeno abraço.

( Zayn ): Lamento, Trish. Lamento imenso. - perguntou, mal nos afastámos da minha avó e da minha mãe.  Não lhe respondi nada e abracei-o logo. - Pronto, pronto. Queres que telefone aos outros para perguntar onde estão? 

( Trish ): Sim, sim. Telefona . - ele telefonou ao Harry para nos vir buscar. - Então ?

( Zayn ): Já vem a caminho. - eu respondi com um simples " ok". Ele não disse nada. Instalou-se um silêncio assustador entre nós até o Harry chegar. Mal me viu, veio a correr abraçar-me.

( Harry ): Os meus pênsames, Trish. - abraçou-me sem me magoar. - Estou aqui para o que precisares, sim ? - eu assenti com a cabeça. - Vais mesmo voltar para Londres?


( Trish ): Sim, vou. Se ficasse ainda iria deprimir mais. - ele assentiu a cabeça como quem queria dizer que entedeu o que disse.

( Harry ): Os rapazes já estão prontos para partirem. A Danielle, a Soraya e a El, também. Estávamos à tua espera para saber se voltavas connosco. Agora que sei que voltas, é melhor despacharmo-nos para não perder o voo. - o Zayn e eu entrámos no carro do Harry e fomos para o aeroporto, onde se encontravam todos.

( Danielle ): Minha linda, nem sabes o quanto te quero abraçar. - disse, mal me viu. - Anda cá. - fui a correr para os braços dela.- Já sabemos do que se passou. Estamos aqui todos para ti.


( Liam ): Não te esqueças disso. - deu-me um beijo na testa.  Tentaram animar-me, mas não conseguiram

Eu esqueci-me de ter dito que a família da Trish mora em Washington :

5 comentários:

  1. Não a morte da pessoa! O capítulo em si! Apesar da situação o capíyulo está lindo! Expressei-me mal! Culpada! XD

    ResponderExcluir
  2. tadinha dela :c
    Trish .x

    ResponderExcluir
  3. Nokas : eu percebi xd
    Anônimo : tem o zayn :) xx

    ResponderExcluir