quarta-feira, 18 de julho de 2012

Save you tonight #8


Antes de mais quero que leiam isto. O capitulo está pequeno e uma porcaria. Sabem porquê? Porque enquanto escrevia, as lágrimas teimavam em cair devido ao que me lembrei. Quero dedicar este capítulo ao meu avô, que faleceu em Abril de cancro. Apesar de não estares mais entre nós, eu amo-te avô!


Zayn.

Saí o mais depressa dali para ver se ainda conseguia apanhar a Trish e o Louis, mas o destino decidiu ser cruel. Mal os consegui ver, o Louis arrancou com o carro. Senti pequenas gotículas de água nos meus olhos. Não a quero deixar sozinha agora! Comecei a correr até ao hospital.
Mal cheguei , entrei apressado à procura deles.

( Secretária ): Desculpe, mas o senhor não pode entrar assim. Vai visitar alguém?

( Zayn ): Não, não. Só vim ter com uma amiga que tem aqui o avô. Eu precisava imenso de falar com  ela. Ela chegou há pouco.

( Secretária ): Peço imensa desculpa por fazê-lo atrasar-se, mas terá de se registar e dizer o nome do paciente. – ora bolas, eu não sei o nome do senhor.

( Zayn ): Ouça – disse, aproximando-me. – a rapariga da minha vida está prestes a perder o avô. Eu preciso de ir ter com ela para a apoiar. Eu não sei o nome do senhor. Eu mal soube disto, vim a correr para aqui. Quero estar ao pé dela se acontecer o pior. A senhora nunca esteve apaixonada? – ela assentiu a cabeça.

( Secretária ): Pronto, jovem. Vá lá… - disse, dando-me um “pass” para as partes das visitas. – As melhoras.  – sorri e pus-me na “alheta”. Só a queria abraçá-la e nunca mais a largar.
Vi a mãe dela com uma senhora já de idade, provavelmente a avó. Cheguei-me ao pé dela.

( Zayn ): Podemos falar? – ela nem quis acreditar que eu estava lá. – Por favor?

( Trish ): Zayn – disse, afastando-se um pouco da mãe e da avó – não é o momento certo.

( Zayn ): Sim, infelizmente eu sei. – ela virou costas. – Mas preciso mesmo muito de falar contigo. – ela revirou os olhos.

( Trish ): Mãe , - disse, despertando a sua atenção. – Eu já venho. Se houver notícias, liga, sim? – a mãe assentiu com a cabeça. – Vá, vamos. – eu fui atrás dela. – Como já sabes da situação, quero que sejas rápido.

( Zayn ): Sei que não é a melhor altura para te dizer isto, mas … - fiz uma pequena pausa. – eu acabei com a Perrie. Eu vi-a com aquele tipo, o suposto namorado.

( Trish ): Felicidades para ti, então.

( Zayn ): Pois .. mas eu queria dizer-te mais uma coisa. – ela fez sinal para eu continuar. – Eu gosto de ti, mas é que gosto mesmo. E sei que apesar de tudo, tu também gostas de mim. – a expressão dela mudou completamente quando me declarei. – Eu estava cego com a outra, mas depois de falar com a Danielle e com a prima da Eleanor, eu apercebi-me que a mulher da minha vida esteve sempre ao pé de mim.

( Trish ): Definitivamente não é a melhor altura para isso, sabes?

( Zayn ): Eu sei, e lamento imenso. Quero apoiar-te e acontecer o pior. Quero ficar contigo. – ela nada disse. – Preciso que respondas, Trish! – ela ia falar, mas o telefone interrompeu. Ela afastou-se para atender. Mal voltou para junto de mim, eu ia falar, mas ela abraçou-me cheia de lágrimas. – Trish?! Que se passou? Quem era?

( Trish ): Ele foi-se … perdi o meu avô para sempre. – vê-la daquela maneira partiu-me o coração. Ela não merecia isto, ninguém merecia. – A minha mãe ligou a dizer isto. – apertei-a com imensa força, mas sem a magoar.

( Zayn ): Quero que saibas que estou aqui a apoiar-te, amor. – passado algum tempo é que me apercebi do que tinha dito.

Trish.
O meu mundo parou no exacto momento em que a minha mãe me ligou a dar aquela triste notícia. Deus tirou-me o meu avô, uma das pessoas que mais amo neste mundo. A minha vida já não fazia mais sentido. Foi por ele que comecei a dançar. Foi graças a ele que cheguei aonde cheguei.

6 comentários:

  1. isto está lindo :) eu sei o que é perder uma pessoa de quem nós gostamos muito, mas temos que ser fortes porque eles estão lá no céu a olhar por nós e a esperar que nós sejamos felizes :)

    ResponderExcluir
  2. Não está uma porcaria! Está lindo, apesar da situação.
    É dificil, mas temos que seguir em frente, ficarão sempre nos nossos corações e nunca ficarão esquecidos! Lembraremo-nos sempre daqueles que fizeram parte da nossa vida e daqueles que amamos!:)
    <3

    ResponderExcluir
  3. é dos momentos mais difíceis de toda uma vida quando perdemos uma pessoa que é mais do que importante para nós. e, com isto, fizeste lembrar-me mesmo do que já me aconteceu. a minha avó morreu, e foi ela que me incentivou a entrar na dança - triste - :)
    põe mais que eu já cheguei e agora posso ler :3
    Trish .x

    ResponderExcluir
  4. acontece que ambas temos muito em comum .
    ly x

    ResponderExcluir